Relações Intermunicipais

Cidades-irmãs

A geminação de cidades é um conceito que tem como objetivo criar relações e mecanismos protocolares, essencialmente em nível econômico e cultural, através dos quais cidades ou vilas de áreas geográficas ou políticas distintas, estabelecem laços de cooperação.

Espigão do Oeste

Vila Pavão foi o município capixaba que na década de 1980 mais perdeu habitantes para as novas áreas de colonização, especialmente para o município de Espigão do Oeste. Não existem no Brasil duas cidades tão distantes (3.040 quilômetros), com tamanha identidade histórica e cultural. Atualmente, Espigão do Oeste é considerada a cidade mais pomerana da região Norte do País e tornou-se um ponto de turismo para os pavoenses que, frequentemente, visitam seus parentes e amigos rondonienses.

Geografia

O município de Vila Pavão está localizado a uma latitude sul de 18º 36′ 54″ e uma longitude oeste de Greenwish de 40º 36′ 39″, possuindo área equivalente a 0,94% do território estadual, com 435 km². Estando localizado no norte do Espírito Santo, Vila Pavão faz limites com Ecoporanga, Barra de São Francisco e Nova Venécia, distante 286 km da capital do Estado, Vitória, 28 km de Nova Venécia e 48 km de Barra de São Francisco.

Localização na divisão administrativa

Região: Noroeste
Micro-região: Noroeste

Aspectos naturais

Altitude: 200m
Média pluviométrica anual: 800 mm
Período chuvoso: outubro a março
Período de seca: abril a setembro

Temperatura

Média: 23º
Mínima: 17º
Máxima: 34º
Clima predominante: tropical

Distritos

O município possui 15 comunidades e é dividido em três regiões. Além da sede, o município possui as Vilas de Praça Rica (15 km) e Todos os Santos (17 km).

Cerca de 78% da população do município reside na zona rural, dando destaque à sua agricultura familiar, e o que demonstra a força do interior em Vila Pavão. Força e beleza, formada por lindas elevações de granito denominadas “pedras”, que fazem da região uma das mais lindas do Brasil, além de possuir belas cachoeiras.

Cultura

Pomitafro
Pomeranos, italianos e africanos, a miscigenação de raças que gerou a cultura de Vila Pavão. A Pomitafro é o maior evento de integração étnico-cultural do Brasil. Considerada hoje também a “Festa da Cidade”, a Pomitafro foi criada pelos professores do Centro de Integração de Educação Rural /CIER em 1989. A Pomitafro saiu das iniciais de POMeranos, ITAlianos e aFROs, principais colonizadores do município e que visa resgatar a identidade histórica e cultural do povo capixaba.

Todos os anos, durante a Pomitafro, as casas de Vila Pavão são enfeitadas para movimentar a cultura capixaba, onde participam dezenas de grupos étnicos vindos de diversas partes do Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. Grupos musicais, danças folclóricas, desfiles de rainhas (pomerana, italiana e afro) fazem parte do “caldeirão cultural”.

A “Pomitafro em Sala de Aula”, passeios de charrete, exposição de objetos antigos, trabalhos escolares, artesanatos e produtos da agricultura familiar são outras atrações do evento.


  VOLTAR
  IMPRIMIR
  PAGINA INICIAL
COMPARTILHE ESTA PÁGINA:

intranet

Rua Travessa Pavão, nº 80, Centro, 29.843-000 - (27) 3753-1001 / (27) 3753-1196 / (27) 3753-1195 / (27) 3753-1022
Horário de Expediente: Seg - Qui, 07:00 às 11:00 e 13:00 às 17:00 | Sex, 07:00 às 11:00 e 13:00 às 16:00