Município realizará ação de conscientização e combate às hepatites virais

Publicado em 11 de julho de 2018

 

 

A secretaria municipal de Saúde irá promover no dia 21 de julho (sábado) atividades preventivas, de conscientização e combate às hepatites virais.

O evento será realizado das 7h às 12h ao lado da Farmácia Pomitafro no centro de Vila Pavão.

Em complemento à ação, a equipe de profissionais da secretaria municipal de Saúde estará realizando teste rápido para aferição de pressão arterial e glicemia capilar,  além de orientações às formas de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e distribuição de preservativos.

28 de julho é o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais.

O que é hepatite?

Hepatite designa qualquer degeneração do fígado por causas diversas, sendo as mais frequentes as infecções pelos vírus tipo A, B e C e o abuso do consumo de álcool ou outras substâncias tóxicas (como alguns remédios).

Prevenção

Os profissionais da secretaria municipal de Saúde explicam que a melhor estratégia de prevenção da hepatite passa pela melhoria das condições de vida, com adequação do saneamento básico e medidas educacionais de higiene.

A prevenção da hepatite B inclui o controle efetivo de bancos de sangue através da triagem sorológica; a vacinação contra a doença, disponível no Sistema Único de Saúde (SUS), conforme padronização do Programa Nacional de Imunizações (PNI); o uso de imunoglobulina humana Anti-Vírus da hepatite B também disponível no SUS, de acordo com o PNI; o uso de equipamentos de proteção individual pelos profissionais da área da saúde; o não compartilhamento de alicates de unha, lâminas de barbear, escovas de dente, equipamentos para uso de drogas; o uso de preservativos nas relações sexuais.

Não há vacina para a prevenção da hepatite C, mas existem outras formas de prevenção, tais como: triagem em bancos de sangue e centrais de doação de sêmen para garantir a distribuição de material biológico não infectado; triagem de doadores de órgãos sólidos como coração, fígado, pulmão e rim; triagem de doadores de córnea ou pele; cumprimento das práticas de controle de infecção em hospitais, laboratórios, consultórios dentários, serviços de hemodiálise; tratamento dos indivíduos infectados, quando indicado; abstinência ou diminuição do uso de álcool, não exposição a outras substâncias que sejam tóxicas ao fígado, como determinados medicamentos.

 

 


  VOLTAR
  IMPRIMIR
  PAGINA INICIAL
COMPARTILHE ESTA PÁGINA:

FAÇA SEU COMENTÁRIO

intranet

Rua Travessa Pavão, nº 80, Centro, 29.843-000 - (27) 3753-1001 / (27) 3753-1196 / (27) 3753-1195 / (27) 3753-1022
Horário de Expediente: Seg - Qui, 07:00 às 11:00 e 13:00 às 17:00 | Sex, 07:00 às 11:00 e 13:00 às 16:00